FUTUROS AMORES

Um blog sobre amor, arte e acaso.

11 de dez de 2010

Um ano bom

Postado por Priscila |


2010: apesar das dores, um ano de grandes realizações!

Trabalho bem feito, sementes plantadas.

Alegria da certeza de um dia florescer!

7 comentários:

Rodrigo disse...

"Mission accomplished"? :-)

Priscila Azeredo disse...

Quase! Agora só falta a dissertação(isso não tem como...Só em 2011) =D

Rodrigo disse...

Ah, outra sofredora. Eu sou doutorando e vivo em contagem regressiva. :-)

Você é professora também, quem diria. O que leciona?

Um abraço,
R.

Relicariouro disse...

Alegria da certeza de um dia florescer :) a priori precisou da chuva. E isso é tão bonito.

Rodrigo disse...

Oi.

Sim, somos colegas. Acho que você já me disse uma vez, eras atrás, que fizera história (o que vinha a calhar, meu pseudônimo era "Hobsbawm"), mas eu acabei supondo que era jornalista.

Um beijo,
R.

Rodrigo disse...

Olá, Priscila.

Temos mais isso em comum também, de certa forma. Eu fiz Jornalismo na primeira graduação, depois migrei (e me encontrei) na História. Não me considero um híbrido, mas um historiador com acessórios. :-)

Sim,faço doutorado em História, na UFF. Estudo os EUA nos anos 1950-60, sobretudo movimentos sociais e intelectuais. Não tenho muitos interlocutores nessa área, por alguma razão misteriosa, motivo pelo qual me tornei um americanista proselitista nas graduações em que leciono. É um campo ainda muito subestimado.

Se você ainda está mestrando, suponho que dê aula para a garotada. Eu estou de licença para estudos disso, mas passei anos na quinta série. Haja bônus-hora! :-P


Um abraço,
R.

Rodrigo disse...

Sim, orientando da Cecília. Depois de ter o Daniel Aarão como "pai" no mestrado, tive a sorte de ter uma "mãe" acadêmica no doutorado. Não sei se ela é a única americanista, vez por outra aparece um professor que arrisca alguma coisa no assunto, mas ela certamente é a mais dedicada. Vou vê-la hoje, pois estamos tentando unir um pequeno grupo de "guerrilha" histórica norte-americanista nas ANPUHs e similares. Ela deve lembrar de você, estou certo.

O mundo é tão grande, mas felizmente às vezes ele parece que realmente encolhe. :-)

Boa sorte com os "grandões" dos últimos anos. De minha parte, sinto falta dos meus pequenos, às vezes -- bônus-hora à parte. É um pouco como ser pai, irmão mais velho e mestre jedi ao mesmo tempo... Uma sensação única.

Bem, me antecipando, feliz Natal!

Um beijo pré-natalino,
R.