FUTUROS AMORES

Um blog sobre amor, arte e acaso.

26 de mar de 2009

Manifesto aos Futuros Amores

Postado por Priscila |



Queridos Futuros Amores,

Recebam este blog como um beijo. Não sei por onde vocês andam, o que fazem e quando iremos nos encontrar (se é que já não nos encontramos!), mas quero fazer deste lugar um diário, um ensaio, um local de reflexão sobre aquilo que eu vivo, sobre aquilo que eu sinto, sobre aquilo que compõe o meu melhor (e o meu pior também!).

Não sei como vocês irão me encontrar. Não sei se estarei bem ou mal, jovem ou idosa, atenta ou desligada. O fato é que eu quero encontrar vocês, porque a vida é feita disso: encontros.

Não haverá mapa para essa trajetória. Tudo será arquitetado pelo acaso (ou não!). Mas o que importa? O importante é que vocês cheguem! De uma vez, aos pouquinhos, entre indas e vindas, mas cheguem!

Não haverá o peso dos amores passados. Eles viraram lembranças açucaradas. Dedico, com toda a gratidão, o meu aprendizado a eles, mas hoje eu abro as minhas portas para os meus futuros amores! Com licença!

Futuros amores, termino este manifesto com o coração cheio. E cheio de algo que me faz melhor. Estarei vivendo, e vivendo muito, quando vocês chegarem! Não precisa bater, é só entrar!

6 comentários:

Goodkat disse...

Antes de começar a ler o blog vim ler esse manifesto e curti muito. Vou passar a acompanhar isso aqui. Parece ser coisa boa. rs
Abrç.

Daniel Barros disse...

interessante o manifesto.

bj.

GiGi disse...

Oi, Priscila!

Encontrei você através do "Não compreendo as mulheres" e devo dizer que seu blog é muito bom. Aliás, muito bom é pouco! rs... Eu simplesmente adorei e sempre vou passar por aqui e deixar alguma palavrinha :-).

Esteja à vontade para visitar o meu cantinho, ele é praticamente um recém-nascido e está crescendo aos poucos. Ficarei grata pela visita ^_^

Beijos!

lipe! disse...

puxa, você escreve super bem! adorei o jeito simples e aconchegante que você publica seus artigos.

.. e falando em encontros e desencontros, certamente dessa vez eu tive muito mais sorte que você :oP


beijão,
lipe

Parte de mim disse...

olá!
pensei ser um tanto louco dizer o que acho, tenho o costume de olhar sem me indentificar, mas não podia deixar de falar, ainda mais depois que soube por quem me indicou um dia o blog que é sempre bom receber um elogio.
Então, depois que me indicaram o blog fui lendo as postagens anteriores e fui me encantando por tudo. Práticas poéticas, resmungos, tirinhas, obras de arte, resumindo o que monta nesse espaço. Fui seguindo e pensando, comprei até um livro ( A insustentável leveza do ser) recomendado e estou amando o contato com essa leitura que possivelmente não leria.
Parabéns pela dedicação que tem com esse blog!

mayara

Palavras disse...

Oi Priscila,
Encontrar portas abertas, que tão carinhosamente nos recebam como o seu blog, não acontece todo dia. Toda pessoa que gosta de escrever, gosta de receber outras pessoas, para ouvir, para falar, para discutir. Enfim, são verdadeiramente abertas. Abertas ao novo. Foi isso que senti ao visitar o seu blog. Gostei muito!
Te convido a me visitar também leilarodrigues-palavras.blogspot.com
Bjs e parabéns por este canal tão legal