FUTUROS AMORES

Um blog sobre amor, arte e acaso.

28 de fev de 2012

Reprogramando o coração

Postado por Priscila |

Para procurar ajuda você deve, ao menos temporariamente, abandonar a idéia de que consegue lidar com a situação sozinha. Você deve encarar a realidade de que, com o tempo, as coisas ficaram piores em sua vida, não melhores, e perceber que, apesar de seus maiores esforços, você não é capaz de solucionar o problema. Isso significa que você deve reconhecer, de uma vez por todas que o problema é ruim. Infelizmente, a honestidade só vem a algumas  de nós quando a vida nos afeta com tamanho golpe ou tamanha série de golpes, que ficamos caídas no chão, ofegantes. Uma vez que essa situação é passageira, no instante em que nos recuperamos tentamos retomar de onde paramos, sendo fortes, dirigentes, e prosseguindo sozinhas. Não se satisfaça com o alívio temporário. Se você inicia o processo lendo um livro, então, precisa passar para a próxima etapa, que seria contatar alguma fonte de ajuda.
(...)
Procurar ajuda não requer que você esteja disposta a acabar com seu relacionamento atual, se você está em um. Também não é uma exigência a qualquer época, durante o processo de recuperação. A medida que for seguindo essas etapas, de um a dez, o relacionamento cuidará de si próprio. Quando as mulheres vêm se consultar comigo, freqüentemente querem abandonar o relacionamento antes de estarem prontas, o que significa que voltarão ao antigo ou iniciarão um novo, igualmente doentio. Se seguem essas etapas, a perspectiva de permanecerem ou abandonarem se modifica. Estar com ele para de ser o problema, e deixá-lo para de ser a solução. Em vez disso, o relacionamento torna-se uma das muitas considerações que devem ser feitas no quadro geral de como vivem suas vidas.
(...)
Se você seguir as etapas, garanto que o relacionamento irá melhorar ou acabar. Ele e você não se manterão os mesmos.
(...)
Fazer da própria recuperação a prioridade principal significa que você está disposta a seguir aquelas etapas necessárias para se ajudar, não importa o que seja exigido. Aqui, a fórmula mágica é que, embora todo o seu trabalho e esforços não consigam modificar o homem, você consegue, com a mesma liberação de energia, modificar-se. Dessa forma, use sua força onde ela fará algum bem — na sua vida!***



1. Procure ajuda.

2. Faça da própria recuperação a prioridade principal na vida.

3. Encontre um grupo de apoio formado por semelhantes que a compreendam.

4. Desenvolva a espiritualidade através da prática diária
(Desenvolver a espiritualidade, não importa qual seja sua educação religiosa, significa basicamente
abandonar o auto-arbítrio, a determinação de fazer as coisas acontecerem da forma que acredita que deveriam acontecer)

5. Pare de dirigi-lo e de controlá-lo.
(Não está sob sua responsabilidade resolver o problema do outro)

6. Aprenda a não se envolver em jogos.
(Pare de ajudar, de tentar culpar, de se fazer vítima . Evite a brigar. Converse honestamente, de preferência quando houver serenidade).

7. Enfrente corajosamente os próprios problemas e os próprios defeitos.

8. Cultive em você quaisquer necessidades a serem desenvolvidas.

9. Torne-se "egoísta".

10. Partilhe com outras pessoas o que você experimentou e aprendeu.

(Robin Norwood)

0 comentários: