FUTUROS AMORES

Um blog sobre amor, arte e acaso.

23 de jan de 2011

Fome

Postado por Priscila |

Quem vai virar o jogo
E transformar a perda
Em nossa recompensa
Quando eu olhar pro lado
Eu quero estar cercado
Só de quem me interessa.
(Lenine - só o que me interessa)


***


Aqui, dentro de mim, essa intensidade queima e me suplica: "-Mais!"
E mais do que eu não tenho.
Mais do que me falta.
Mais do que desejo.

A voz não cala. Ela urra!
E urra pelo pão que a mantém viva.
No entanto, ninguém a ouve.

E assim, à míngua,
isso que está aqui, dentro de mim, adormece
e sonha com o dia em que o maná cairá do céu.

***
 
Às vezes é um instante
A tarde faz silêncio
O vento sopra a meu favor
Às vezes eu pressinto e é como uma saudade
De um tempo que ainda não passou.

Me traz o seu sossego
Atrasa o meu relógio
Acalma a minha pressa
Me dá sua palavra
Sussurra em meu ouvido
Só o que me interessa.

(Lenine - só o que me interessa)

2 comentários:

Vítor Palmeiras disse...

Essa música, pra mim, é um clássico!

Priscila Azeredo disse...

Olá, rapaz! Quanto tempo!
Pois é, eu ia postar a música, mas já fiz isso antes =D

Vou te visitar!
Beijocas!