FUTUROS AMORES

Um blog sobre amor, arte e acaso.

14 de jan de 2011

The book is on...

Postado por Priscila |


"The Shelf". Prateleiras "The Shelf". Um nome nada criativo para uma marca de prateleiras! Pensei.

- Me vê três dessas prateleiras, por favor!

Comprei. Paguei. Levei. Instalei. Quer dizer, minha mãe instalou. Sou péssima com furadeira, brocas e afins...

Agora, bora arrumar a bagunça.

Nunca pensei que fosse tão difícil arrumar livros numa prateleira! É preciso ter cuidado para não exceder o peso, descobrir o tamanho dos livros que podem caber ali e por aí vai... Mas isso era o menor dos meus problemas. O difícil mesmo era decidir quem ia ficar com quem.

Foi aí que me lembrei das festas em que o anfitrião tem todo o cuidado em escolher quem vai sentar com quem a mesa. Misturar tias que se odeiam, por exemplo, pode transformar a festa em assunto de polícia. E no caso dos livros, pode ser pecado mortal!

No chão, bem no canto, escondido, permanecem os livros religiosos e de auto-ajuda. Pra que mostrar pra todo mundo que eu não sou perfeita, que sofro e que quero me entender? Pra que mostrar que gosto, de vez em quando, de palavras que me lembrem da minha humanidade, mesmo quando escritas por Paulo Coelho? Pra quê?

No canto esquerdo, os livros acadêmicos, pesados, com capas enfadonhas, alguns já mofados dos sebos. Esses até podem conferir alguns status quando visualmente apreciados, mas só entre os meus patrícios... E como esse tipo de gente não costuma ter vida social e dificilmente visita alguém, é melhor deixar no canto esquerdo mesmo, à sombra dos clássicos.

Ah, os clássicos! Todo mundo conhece, mas nunca leu! Eu, além de conhecer e de não ter lido alguns, faço questão de comprar e deixar na prateleira. É um ato de colecionar inconsciente. Sou bibliófila e não sabia. No centro, Frankestein seguido da Divina Comédia e Admirável Mundo Novo. Depois A Insustentável Leveza do Ser, A Paixão Segundo G.H. e Em Busca do Tempo Perdido. Por cima de tudo: O Pequeno Príncipe. Hum... Apesar de clássico, O Pequeno Príncipe não caiu bem aqui... Acho que vou trocá-lo por Memória de Minhas Putas Tristes. Combina melhor. Feito! Vou colocar o Pequeno Príncipe na prateleira de baixo, junto com os livros infanto-juvenis.

Segue então O Pequeno Príncipe, Alice no País das Maravilhas e Harry Potter 1, 2, 3 e 4... Céus! HP junto de Alice e Le Petit Prince! É o fim dos tempos! Pior: não há mais espaço. Eles terão que ficar juntos...
E que isso me sirva de lição para não confundir jamais um clássico com um best-seller e vice-versa! E é fácil de lembrar: seis volumes de Harry Potter e nenhuma epígrafe para a eternidade! É... O mercado editorial às vezes é tão cruel como a Rainha de Copas e tão nocivo como os baobás.

Fim da arrumação. All the books are on the shelves.

2 comentários:

Daniele Moreira disse...

Amiga, adorei a parte quando vc fala que seus patricios não tem o hàbito de visitar as pessoas...como essa é uma triste verdade! Mas taì uma das coisas que vou mudar com o meu retorno =)
Agora sobre a posição dos livros, mesmo gostando muito do 'Gabo' eu deixaria o pequeno principe num lugar digno de honra!

SolBarreto disse...

Adorei o texto!
Sou apaixonada por livros e te confesso que tenho todo um jeito meu para guarda los e se um unico esta fora do lugar eu sei, faço lista dos que empresto e é a unica coisa que eu cobro na cara larga.