FUTUROS AMORES

Um blog sobre amor, arte e acaso.

22 de mar de 2010

Incompletude.

Postado por Priscila |

Para os grandes, as obras acabadas tem pesos mais leves que aqueles fragmentos nos quais o trabalho se estira através de sua vida. Pois somente o mais fraco, o mais disperso encontra sua incomparável alegria no concluir e se sente com isso devolvido à sua vida. Para o gênio, toda e qualquer censura, os pesados golpes dos destinos como o suave sono, cai na industriosidade de sua própria oficina de trabalho (...). (Walter Benjamin)



E assim disse Osho:

Não dizer tudo significa dar uma oportunidade para que o ouvinte complete o que está sendo dito. Todas as respostas vêm incompletas. O importante é tirarmos delas apenas a direção para a nossa caminhada. No momento em que encontrar o limite, você saberá o que irá permanecer.Se alguém estiver tentando compreender intelectualmente, irá fracassar.Não se trata de uma resposta para uma pergunta, mas de algo maior do que a resposta. Trata-se da indicação da própria realidade.

Mesmo no fluxo sempre mutável da vida, há instantes em que chegamos a um ponto de completude. Ao concluir isso, você estará criando condições para que alguma coisa nova possa começar. Use essa pausa momentânea para celebrar ambas as coisas: o encerramento do velho e a chegada do novo.

Até mesmo o que você entende por "incompletude" um dia se completa. Quer conforme o seu desejo, quer não. Aceite e aproveite a oportunidade!

0 comentários: