FUTUROS AMORES

Um blog sobre amor, arte e acaso.

13 de jan de 2010

Se...

Postado por Priscila |

Num dia quente de verão, uma lista corrida e cheia de exigências foi redescoberta no fundo de um coração:

Se ele fosse inteligente...
Se ele não fumasse...
Se ele fosse charmoso...
Se ele tivesse mais atitude...
Se ele fosse menos galinha...
Se ele não fosse tão metódico...
Se ele bebesse menos cerveja...
Se ele não tivesse uma tatuagem no pescoço...
Se ele fosse bem humorado...
Se ele fosse menos neurótico...
Se ele não morasse em outro país...

Era tanto "se" que não cabia mais nada ali. E, ao mesmo tempo, era tudo tão vazio.

Era hora de substituir o "se". Era hora de arrumar aquele lugar. Abrir-se para os desafios do inesperado, do diferente, da aceitação do outro como de fato é.

É hora de jogar fora os romances cheios de príncipes e princesas. É hora de aceitar e viver no presente. É hora de construir relacionamentos reais, mas nem por isso menos delicados e sublimes.

A couraça do "se" é um muro que impede o contato real. É o que dificulta o encontro de si no outro. É o que nos torna cada vez mais sozinhos.

Para amar e ser amado, busque viver sem o "se".

2 comentários:

GiGi disse...

Amei o blog :-)

Beijo!

Dalila. disse...

O amor se prova verdadeiro é na realidade e não no mundo do "se"! Adorei o post!