FUTUROS AMORES

Um blog sobre amor, arte e acaso.

29 de dez de 2009

Na cozinha

Postado por Priscila |

Fui ao supermercado.

1 pacote de pão árabe;
1/2Kg de cebola;
1 goiaba (para os passarinhos);
200g de passas;
1kg de batata;
2 lt de leite;
1kg de tomate;
1 pepino;
Uma dúzia de bananas;
Total: 25 reais (cravados)!

Cheguei em casa. Um silêncio... Era meio-dia. Cortei o resto do tender do natal, esquentei e comi com uma salada de pepino e tomates. Silêncio...

Depois que acabei de comer,lavei a louça e sequei. Silêncio...

Respirei fundo e... Mais silêncio. Comecei a bater nos pratos, nas panelas, nos talheres e o som afirmava ainda mais o silêncio.

Na cozinha fiquei sentada. Puxei o meu livro e comecei a ler. Rabisquei, rabisquei, rabisquei. Levantei, tomei aguá, sentei novamente e voltei a rabiscar.

Ai, que vontade de matar esse silêncio com a voz de um amigo que não vejo há tempos! Que vontade de mandar esse silêncio embora com um convite ao cinema!

Saí do silêncio. Puxei o telefone. Todos estão viajando e só voltam ano que vem. O silêncio abre a boca e me engole.

Na cozinha fechei o livro, guardei os rabiscos, coloquei o telefone no lugar e fui cozinhar para matar essa fome de não sei o quê.

3 comentários:

Nely . disse...

Grata surpresa!
Ótimo texto, simples mas conotando algo maior: ausências, solidão, silêncio intocável.
*
Achei teu blog na comu do CCBB!

Dalila. disse...

eu sei bem como é esse silêncio... aff!

Ana disse...

Tá vendo, você pediu para o silêncio acabar, eu apareci!!!
Pediu pela voz de um amigo que não vê a tempos, eu apareci!!!
E olha que quando eu for aí, vai ficar com saudades do silêncio... continuo falando pelos cotovelos.
Beijos,
Ana Paula Cazeiro.