FUTUROS AMORES

Um blog sobre amor, arte e acaso.

26 de dez de 2009

Encontre-me.

Postado por Priscila |

Era para ser um presente de natal, mas acho que na verdade é um "presente de grego". O mimo não veio embrulhado. Era apenas um cartão de visitas com a seguinte dedicatória no verso: "Se desencalhar, quero ser a madrinha". E lá fui eu.

-Idade?
- Vinte e sete anos.
-Profissão?
- Por enquanto sou estudante desempregada.

A mulher me deu uma olhada como quem diz "um ponto a menos". Pensei "céus, o que eu tô fazendo aqui"? Sou uma moça bonita, inteligente, preciso mesmo passar por isso? Depois relaxei. Quer saber? "Cavalo dado, não se olha os dentes". Vou aproveitar a oportunidade!

- E então, o que você procura num rapaz?
- Respeito, companherismo, amor, admiração.
- Hum, e mais o quê?
- Que tenha senso de humor, seja família, trabalhador e que goste de viajar.
- Descreva o tipo físico ideal.
- Nossa,isso é difícil. Gosto de caras com sorriso bonito. Nem muito alto, nem muito baixo. Nem muito magro, nem muito gordo. Meio termo. Não precisa ser bonito, mas tem que ser charmoso. Homem insosso não dá.

Eu ri, mas a entrevistadora não achou graça. Será que tem muita gente que gosta do tipo insosso? Pela cara dela deve haver.

- Tem alguma preferência por profissão? Médico, engenheiro, ou coisa do gênero?
- Não. Mas dou preferência para homens com nível superior. Com exceção dos advogados e bacharéis de Educação física.
- Algum motivo especial?
- É melhor não entrar no caso...
- Solteiro, separado, viúvo?
- Solteiro e sem filhos.
- Morador do Rio de Janeiro?
- Sim, de preferência.
- Faixa etária ideal?
- Entre 27 e 37 anos.
- Ok, vou cruzar os dados e assim que encontrar um pretendente prá você, a gente entra em contato.

Nos despedimos e saí de lá me sentindo uma personagem de filme americano, daqueles bem "sessão da tarde". E agora? E se ela ligar dizendo que achou um cara para mim?

(continua)

0 comentários: